jusbrasil.com.br
26 de Julho de 2017

Vende-se Carteira da OAB !

Vai uma carteira da OAB ai?

Lucian Freitas, Estudante de Direito
Publicado por Lucian Freitas
ano passado

Vende-se Carteira da OAB

Quando a gente acha que já viu de tudo, um ser humano ainda consegue nos surpreender. Circula um blog (cujo link teve de ser removido 2 dias após esta postagem devido à alteração do seu conteúdo) no qual um meliante por suposto nome de Ricardo Drummond estaria vendendo nada mais nada menos do que carteiras da OAB.

"Vendo carteira da OAB QUENTE sem burocracia, sem passar por provas da OAB!

Adquira já seu registro na OAB do seu estado sem passar por aulas e exames, documento de procedência quente apenas facilitado para aquelas pessoas que não tem tempo de frequentar os exames de forma"tradicional.

Entrega do documento em até 7 a 10 dias úteis após a confirmação dos dados do candidato e pagamento.

Pagamento via BOLETO pelo MERCADO PAGO á vista ou em até 2 x via depósito.

Entre em contato e seja mais um cliente satisfeito com a negociação e preparado para o futuro!

REGISTRO QUENTES COM TODOS OS DADOS DO CANDIDATO NO BANCO DE DADOS DO CONSELHO DA OAB, POSSUI PRONTUÁRIO E (LOGIN E SENHA) PARA CONSULTAS.

Interessados em COMPRAR entre em contato via E-mail, Skype e Telefone".

O telefone deixado para contato consta como DDD do Estado de Goiás. Como ele conseguiria colocar o nome no sistema oficial não se sabe. O mais provável é que se trate de mais um dos tantos esquemas inexistentes. Penso ser totalmente improvável que tal transação se efetue, sendo apenas mais um golpe para receber depósitos bancários de leigos que ainda acreditam em tal hipótese.

Recuso-me a cogitar algum Bacharel entrando nessa farsa de má fé. Seria um estelionatário" ajudando "o outro. Dois criminosos, o que vende e o que compra. Imaginemos o cúmulo da aberração o indivíduo efetuando a transação e depois que não recebesse, que é o mais provável que ocorra, querendo ir ao Procon ou à delegacia?

A título de arremate, além dessa conduta levada a efeito configurar uma violação a um bem jurídico relevante tutelado pelo Estado, viola ainda toda a moral de uma classe. Revoltemo-nos. Não permitamos que nossa classe vire motivo de piada. Aquele que ostenta seu registro na OAB o conquistou, não recebeu de mão beijada. São genuínos merecedores. Sem advogado não há justiça!

PS.: O link do blog teve de ser removido por seu conteúdo ter sido alterado, impossibilitando a continuidade das denúncias.

298 Comentários

Faça um comentário construtivo para esse documento.

Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)

Eu não duvido mais de nada! Diante da desenfreada corrupção no país, quem diz que esse cara não tem uma ligação com alguém da própria OAB? continuar lendo

Ou que ele mesmo não é da OAB, não é? continuar lendo

Exatamente. Do jeito que as coisas andam, é duvidoso pensar na impossibilidade da perfectibilização do anunciado. Duvidoso!!! continuar lendo

Muito inocente nosso articulista, recusando-se a acreditar que um Bacharel em Direito entrando nessa farsa de má fé. Quando que alguém tentaria "comprar" uma carteira da OAB de boa fé meu caro?
Convenhamos, o exame da Ordem é tão difícil quanto uma prova para magistratura. Inúmeros Bacharéis se formam sem nunca conseguir ser aprovado no exame.
Quem não conhece uma pessoa formada há anos, atuando como advogado, sem carteira? Quem não conhece alguém que paga para um advogado assinar suas petições?
Quem não conhece um advogado que assina essas petições?
Ora, se houvesse mesmo essa possibilidade, ninguém faria isso. Todos esses bacharéis seriam hoje advogados (caso alguém que não seja do meio esteja lendo isso, só é advogado aquele regularmente inscrito nos quadros da OAB, após regular aprovação no exame da Ordem).
Eu não acredito que isso seja possível, mas acredito que muita gente cai nesse golpe por pura má fé. continuar lendo

Lei natural. Onde há demanda, há oferta. Além disso, será que é totalmente moral restringir a atuação apenas àqueles que fazem tal prova? continuar lendo

robert wright explica, em "o animal moral".
isso sim deveria ser literatura escolar, não ' memórias póstumas de brás cubas e cia.'' continuar lendo

Um absurdo isso. E imaginar que ainda se encontra por aí um ou outro que contribuí com tal ato. Lamentável. continuar lendo

Realmente um absurdo. Já denunciei o site à polícia Federal e a OAB Federal. continuar lendo

Obrigado Elen pela sinergia.
Forte Abraço!!! continuar lendo

Exigir da OAB a documentação da ação junto ao poder público. Caso contrário é conivente. continuar lendo

Muito bem Elen, gostei da sua atitude! Agora é só esperar as devidas providências da polícia e da OAB. continuar lendo

O brasil esta infestado de "ZICA""

Zíka - Vergonha na cara
Zika - Caráter
Zika - Vantagem
Zika - Ética
Zika- Corrupção
Zika - Conivência
Zika - Pilantra
E o pior é a"zika - Cegueira", dos Órgãos Controladores, das Polícias e da Justiça que vê tudo, mas não enxerga nada.
Não sei o que é pior, se é fugir da guerra da Síria em um bote infalível pelo Mar Egeu, ou se viver em um pais com tanta Zika. continuar lendo

Ellen vc já obteve alguma resposta da denuncia desse estelionato virtual que vc fez ao CF? continuar lendo

Digi Denúncias – Canal para denúncias de crimes eletrônicos do Ministério Público. continuar lendo

Parabéns Elen.
Sua atitude é sim a mais correta que deve-se adotar nestes casos.
Compete a OAB investigar isso e após, tomar outras providências cabíveis ao caso.
Não se pode é não agir!
Eu também sou Bacharel em Direito, e, vejo a Instituição com respeito e seriedade, devemos sim ajudar a preservá-la.
Obrigado continuar lendo

Estou no aguardo de uma resposta. Qualquer novidade, atualização nos comentários continuar lendo

Conforme prometi, liguei na OAB Federal e fui ingormada pelo ouvidor Alex que a OAB está apurando e também oferecerá denúncia à Polícia Federal.
O meliante que postou a oferta de carteira fraudulenta não cancelou o perfil /página dele, mas apagou a oferta de carteira fraudulenta, cujo print eu guardei como materialidade.
Na página agora, ele faz várias acusações a um homem que insinua ter comprado carteira, (resta saber se foi alguém que o denunciou) se entrarem lá poderão ver.
> vendocarteiraoab.blogspot.com.br/?m=1
Vários sites fizeram matéria sobre o assunto, que inclusive fiz denúncia pública em meu canal no Twitter, no mesmo dia da postagem deste artigo, acionando a OAB Federal e a PF.
O site Migalhas fez uma matéria sobre o caso prestando maiores esclarecimentos ,conforme pode ser visto em:
m.migalhas.com.br/quentes/233705/blog-anuncia-venda-de-carteira-da-oab
Foi descoberto outro perfil ofertando também carteiras fraudulentas da OAB no Facebook, não se sabe se trata da mesma pessoa :
> m.migalhas.com.br/quentes/202362/carteira-da-oabevendida-no-facebook
Um imenso abraço em todos os colegas. continuar lendo

Alertei ao advogado que está sendo difamado no site deste indivíduo. Eu consegui contato com o advogado pelo Whats App. Enviei todos os prints do site que possuo para ajudá-lo. Ele me esclareceu que está sendo difamado por ter denunciado o site, contou que já tomou as providências e denunciou o site à Polícia e à OAB. Temo que o ocorrido, alem de todo o inconveniente causado, afete aos filhos do colega difamado. Espero que a polícia consiga retirar este site do ar. continuar lendo

Sou advogado a vinte anos e defendo com unhas e dentes o exame de ordem, que alias, deveria ser feito também pela classe médica e pelos profissionais de engenharia devido a tantos desmandos nestas duas classe. Muitos médicos matando por erro médico e muito prédio caindo por erros de engenharia. No tocante a venda de carteiras da OAB, tal fatos deve ser apurado com rigidez pela Policia Federal e pela OAB/Federal, visto que, num pais corrupto como o nosso quem me garante que um racker não entrou no sistema e está conseguindo inserir os dados e emitindo tais carteiras, pois como sabemos fiscalização pelos órgãos de classe é nota zero. continuar lendo

Assino embaixo! continuar lendo

Bom concordo com o fato de outras classes terem de ter exames semelhantes, não pra dizer que teriamos profissionais melhores, mais sim por ser justo, pois depois de terminar o curso de Direito, se nao conseguir passar no exame da ordem voce é NADA. Pois exames não siginifica que no mercado de atuação terá profissionais bem capacitados, profissionalismo vem de experiencia e aprendizado, assim como os melhores medicos nunca param de estudar, para outros profissionais o caminho é o mesmo. No caso do Direito, tenho colegas de sala que "colaram" o curso todo, mas pela situação financeira muito boa fez o melhor cursinho da minha cidade e passou na OAB, .... então Exame da ordem serve pra OAB determinar mais ou menos a quantidade de formandos que vão ingressar naquele periodo no mercado de trabalho, senão fosse assim as provas teriam o mesmo padrão, sem contar no valor que esta agora 240,00 ..... continuar lendo

Julian, boa noite. Eu só pergunto a você se é da competência do órgão de classe verificar a competência do profissional inscrito. Até onde eu sei, o órgão é responsável em verificar se o profissional está trabalhando de acordo com o código de ética e da classe. Então, entendo que o conteúdo da prova deveria estar limitada às normas perante o respectivo Conselho da Profissão. Quem deve cuidar da capacitação é a Faculdade, onde o profissional se formou. A OAB, apesar da boa intenção, ultrapassa os limites e mantém a prova por uma questão de reserva de mercado, fonte de receita ou outros motivos alheios ao meu conhecimento. Quando o aluno não passa na prova da OAB, o dinheiro investido e o tempo, ambos perdido e irrecuperáveis, pois a pessoa vai sobreviver desenvolvendo qual atividade? continuar lendo

A OAB é bem intencionada, mas entendo que o exame da Ordem deveria ater-se ao conteúdo da ética profissional. Não é ela que deve determinar o que a pessoa precisa conhecer, mas o MEC, o qual tem interesse e competência para tal. Então a prova deveria ser aplicada pelo MEC para cada Faculdade, recebendo o formando o aprovo e podendo se inscrever no órgão de classe. Se não serve para a OAB, a Faculdade deve parar de formar pessoas? continuar lendo

Cuidado! Quem advoga HÁ vinte anos já deveria ter aprendido a não cometer erros do tipo. Depõe contra o profissional e contra a classe. continuar lendo

Julian,
o exame só se tornou obrigatório em 1994, momento em que era diferente em cada OAB, só sendo unificado em 2010, quando o índice de aprovação despencou.

Provavelmente você fez o exame aí em Olinda-PE, se é que chegou a fazê-lo. Entendo que a sua percepção possa ser um pouco diferente daqueles que fizeram o exame após a unificação de 2010, até porque o seu estado era tido um dos mais fáceis para ser aprovado no exame antes de 2010, motivo pelo qual muitos viajavam para aí, somente para fazer o exame.

Eu sou a favor do exame, se os inscritos antes de 2010 tiverem de fazê-lo para revalidar seu registro na Ordem. Nada muito drástico, se daria um prazo de três anos para ser aprovado no exame, o que significa seis chances de fazer a prova e conseguir revalidar o registro. continuar lendo

Delamar SantosAmei as respostas da Marta Raduan Batalha, Carlos Wilson Ferreira da Silva, Delamar Santos, Ermindo Cecchetto Jr.e do Rodrigo Lima... com essas, nem preciso mais responder..mas...cadê as "argumentações" do Julian Jung Batista diante das demais respostas??? Ri altoooooo continuar lendo

O exame de ordem, aqui no Brasil, segue na esteira da psicopatia generalizada dos concursos públicos, que não medem necessariamente o conhecimento, mas a capacidade de se livrar de pegadinhas. Além disso, a prova é aplicada pelo próprio órgão de classe; nos Estados Unidos, também existe essa prova, mas sem pegadinhas e direcionada a examinar conhecimentos; mais - não é o órgão de classe que organiza e aplica a prova, mas o Governo Federal, com estrita e rigorosa fiscalização da mais alta Corte do Judiciário e do Ministério Público Federal. Mas aqui é Brasil e vale tudo, especialmente aparelhar o judiciário ... então, não podemos esperar muito ... continuar lendo

Concordo plenamente, advogo a apenas sete anos, a conduta correta é obrigação até porque temos conhecimento que nos favorece, se a intenção é usar o que sabemos para prejudicar então é melhor mudar de profissão. continuar lendo

Digi Denúncias – Canal para denúncias de crimes eletrônicos do Ministério Público continuar lendo

Advogado de carteirinha, mas sem concurso. Portanto, deveria fazer a prova como reciclagem. Aposto que sabe mais que aqueles que passaram na prova.
Faça o teste. Prova de Concurso público é feita só pra reprovar, nada mais que isso. continuar lendo